01/06/2023

Qual a diferença da Bíblia Católica para a Evangélica?

Vou explicar as diferenças que existem entre Bíblias católicas e evangélicas. Uma coisa é certa: ambas compartilham os mesmos livros fundamentais que narram a história e os ensinamentos do Cristianismo.

Uma das principais distinções entre a Bíblia católica e a evangélica está na composição dos livros que as compõem. A Bíblia católica inclui sete livros a mais em relação à versão evangélica, que são chamados de “deuterocanônicos”. Esses livros adicionais são Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico (ou Sirácida), Baruque, Primeiro Macabeus e Segundo Macabeus, além de acréscimos aos livros de Ester e Daniel. A inclusão desses livros na Bíblia católica é baseada na tradição e no cânon estabelecido pelos concílios da Igreja Católica.

Outra distinção importante entre as duas versões está relacionada à interpretação dos textos. A Igreja Católica possui uma tradição interpretativa que leva em consideração tanto as Escrituras quanto a tradição oral e o magistério da Igreja. Já os evangélicos enfatizam a interpretação individual e direta das Escrituras, com uma ênfase na autoridade do texto bíblico.

Embora essas diferenças existam, é importante ressaltar que tanto a Bíblia católica quanto a evangélica compartilham os mesmos livros fundamentais que narram a história da salvação e os ensinamentos centrais do Cristianismo. Ambas as versões buscam transmitir a mensagem de Deus aos fiéis e servem como guia espiritual para milhões de pessoas ao redor do mundo.